Dicas

Piscina de fibra ou de alvenaria: qual escolher?

Ter uma piscina em casa é o sonho de muita gente, e com o verão se aproximando, trouxemos hoje uma questão muito importante que deve ser avaliada: qual tipo de piscina vale mais a pena? De fibra, ou de alvenaria? 

Ambas possuem suas particularidades, vantagens e desvantagens. Portanto, neste conteúdo você vai entender as diferenças entre os dois tipos e esclarecer qual é a melhor opção para você. 

Acompanhe a leitura! 

Aspectos gerais para serem avaliados 

Antes de optar pelo tipo de piscina que você vai escolher, existem alguns aspectos gerais que devem ser avaliados, como o tipo do terreno, área disponível para instalação, orçamento disponível, profissional que irá executar (em caso de piscina de alvenaria), e empresa que fornecerá a piscina e a instalação (em caso de piscina de vidro). 

Existem diversos tipos de piscina disponíveis no mercado, porém, atualmente, as de fibra e a de alvenaria são as mais consideradas. 

Vamos entender um pouco mais sobre elas? 

PISCINA DE FIBRA 

Fabricadas normalmente em uma única peça, as piscinas de fibra são revestidas por filamentos de vidro e resina de poliéster. O material utilizado é resistente e flexível, podendo gerar distintos modelos e tamanhos, sem que haja juntas ou emendas. 

A piscina de fibra está entre o tipo mais vendido no mercado, isto por que costuma apresentar custos inferiores em relação à piscina de alvenaria. Portanto, se a única preocupação que você tenha seja o valor, a de fibra será a melhor opção. 

Porém, para uma decisão consciente, você precisa avaliar os prós e os contras deste tipo de piscina. 

Vantagens da piscina de fibra 

O fato de ser peça única facilita a instalação (normalmente não se estendendo por mais de 15 dias) e proporciona aos proprietários uma manutenção menos trabalhosa, principalmente porque não há risco de formação de ferrugens e porque as fugas de água são praticamente inexistentes. 

Como dissemos anteriormente, a principal vantagem é o custo, já que o preço final pesa menos no bolso do cliente. 

Outra vantagem é que sua construção é muito menos complexa. Ou seja, sua maior preocupação será em fazer o buraco para alocar a piscina. Porém, é preciso checar se a terra é estável o suficiente. Depois de instalada, caso a terra em baixo e em torno da piscina se movimente por algum motivo, você provavelmente terá problemas com vazamentos. 

Não podemos deixar de falar sobre a facilidade de limpeza e manutenção. Por ser uma superfície lisa, as piscinas de fibra são menos suscetíveis ao aparecimento de algas e não há pontos de acúmulo de fungos, bactérias e sujeira, se as manutenções da água forem feitas corretamente e nos períodos indicados. 

Além disso, como a fibra não interfere de forma significativa nas propriedades da água, este tipo de piscina demanda o uso de menos produtos químicos. Algumas lojas chegam a afirmar que a economia é maior que 50%. 

Desvantagens da piscina de fibra 

Apesar de ser o tipo mais vendido do mercado, devido às suas vantagens, a piscina de fibra também possui seus contras. 

Um dos motivos pelos quais as pessoas acabam optando pela piscina de alvenaria, ao invés da de fibra, é pela liberdade de tamanhos e formatos. As piscinas de fibra possuem apenas os modelos e tamanhos prontos, de fábrica. Muitas vezes, os modelos disponíveis podem não se encaixar no seu terreno e os tamanhos não serem ideais para sua área. 

Além disso, as piscinas de fibra costumam ficar “feias” mais rápido, devido à ação do sol, que desbota o material. 

PISCINA DE ALVENARIA 

Para construir uma piscina de alvenaria você precisa, primeiramente, de um projeto. Posteriormente, para construir, a equipe responsável escava um buraco e monta uma estrutura similar a uma grade, composta por vergalhões. Essa estrutura é preenchida com uma mistura de concreto e depois é revestida com azulejos. 

Muito comuns no passado, devido às poucas opções de fibra disponíveis no mercado, as piscinas de alvenaria são facilmente encontradas em diversos lugares.  E, assim como todas, possuem suas vantagens e desvantagens. 

Vamos conferir? 

Vantagens da piscina de alvenaria 

A principal vantagem das piscinas de alvenaria é que elas são altamente personalizáveis. Portanto, oferecem a oportunidade de customizar o tamanho, a profundidade, a forma ou qualquer outro recurso. Ou seja, o projeto é capaz de atender perfeitamente às necessidades do terreno e aproveitar o espaço disponível de forma eficiente e funcional. 

As piscinas de alvenaria também são altamente duráveis. Não desbotam, não apresenta manchas e, se bem executada, dificilmente apresentará rachaduras e ou vazamentos. 

Elas permitem também, grande escolha de revestimentos, que podem ser: azulejos, cerâmica, porcelana, pastilhas de vidro, entre outros. 

Desvantagens da piscina de alvenaria 

Por outro lado, como desvantagens podemos destacar o longo tempo de execução. A construção de uma piscina de alvenaria exige tempo. O processo de cura, uma das etapas da obra, pode levar quase um mês, ou mais, dependendo das condições climáticas. E este é apenas um passo. Ao contrário das piscinas de fibra, que podem ser concluídas em algumas semanas, as de alvenaria precisam de muito mais tempo para ficarem prontas. 

As piscinas de alvenaria também apresentam maior manutenção. Devido à característica porosa natural do concreto, ele é mais suscetível para formação de algas, que podem deixar a água verde, por exemplo.  

Além disso, construir uma piscina de concreto certamente será mais caro que instalar uma de fibra. Porém, isso depende muito do tamanho, formato, profundidade e materiais empregados.  

Conclusão 

Para concluir, cabe a você decidir quais os prós e contras são mais e menos vantajosos. O ideal é colocar todas as informações na balança para tomar a melhor decisão. 

Se mesmo analisando tudo você ainda ficar em dúvida, fica a sugestão para consultar um profissional que poderá ajudar você a tomar a melhor decisão. 

Por que devo adquirir meu Cartão Próprio da Comercial Amarildo?

Se você acompanha nossas redes sociais ou visitou uma de nossas lojas nas últimas semanas, certamente já sabe que agora a Comercial Amarildo possui cartão próprio. 

Isso quer dizer que agora nossos clientes possuem muito mais vantagens na hora de comprar nas lojas Comercial Amarildo! 

Você ainda possui dúvidas sobre o nosso cartão? Acompanhe este conteúdo que iremos explicar tudinho para você! 

Benefícios para você 

Nosso cartão foi feito pensando em você. Ele surgiu para facilitar a compra e a forma de pagamento de nossos clientes, para que possam ter mais liberdade na hora de comprar, e na maneira de pagar. 

Bora conferir todas as vantagens? 

Parcele suas compras em até 12x sem juros 

Muitas vezes, o crediário convencional da loja não permite um número muito longo de parcelas, ou ainda, o juros sobre o valor da compra acaba sendo um pouco mais alto. 

Com o cartão próprio você pode parcelar suas compras em até 12 vezes SEM JUROS com parcelas de valor fixo, para caber no seu orçamento. 

Você ganha 40 dias para começar a pagar 

Além de poder parcelar em 12 vezes sem juros, e ter 5 vezes mais limite de compra, você ainda ganha 40 dias de prazo para começar a pagar a primeira parcela. Ou seja, mais tempo para você se programar e planejar, sem precisar parar sua obra pela falta de materiais. 

Você poderá utilizar o cartão para comprar em outras lojas do comércio 

É isso mesmo! Com o cartão próprio da Comercial Amarildo você poderá também fazer compras em outras lojas, restaurantes, supermercados do comércio e também utilizar para compras online. Com o nosso cartão próprio você poderá aproveitar muito para utilizar seu crédito da maneira que quiser! 

Você ganha 5x mais limite para comprar na Comercial Amarildo 

Vamos supor que seu cartão liberou R$1.000 de crédito para você. Este valor, como dissemos anteriormente, poderá ser utilizado para comprar em qualquer outro local que você queira. Porém, para comprar na Comercial Amarildo, esse valor aumenta 5 vezes, ou seja, você ficará com R$5.000 disponíveis para fazer suas compras em uma de nossas lojas! 

Ofertas exclusivas para clientes que compram com o cartão 

Como se já não fosse bom o suficiente, com o cartão próprio você poderá ainda aproveitar ofertas exclusivas da Comercial Amarildo. Ou seja, todos os meses, produtos especiais estarão com preços imperdíveis e se você possuir o cartão, poderá aproveitar! 

Não é demais? 

Como faço para adquirir meu cartão próprio? 

Para solicitar o seu cartão próprio Comercial Amarildo é muito fácil! 

Vá até uma de nossas lojas com os seguintes documentos em mãos: 

  • RG; 
  • CPF; 
  • Comprovante de renda; 
  • Comprovante de residência. 

Solicite com um de nossos atendentes e pronto. Seu cartão fica prontinho na mesma hora e você já poderá comprar e aproveitar os preços especiais da Comercial Amarildo e todas as vantagens incríveis do nosso cartão. 

Não espere mais, corra agora mesmo para uma de nossas lojas e peça já o seu! 

Pergolado: muito mais que um elemento decorativo

Charmosos e elegantes os pergolados são elementos geralmente construídos em madeira, que possuem muitas utilidades além de apenas decorar algum espaço externo. 

Os pergolados podem ser construídos em pátios, terraços, jardins, áreas externas e acoplados à casa, funcionando como uma extensão. Normalmente são feitos de madeira, e podem ser cobertos com vidro, policarbonato ou plantas trepadeiras, por exemplo. 

Porém, engana-se quem pensa que os pergolados possuem apenas função decorativa. Neste conteúdo vamos te mostrar diversos usos dele e você verá que além de bonito, ele pode ser muito funcional. 

Vamos acompanhar? 

Local de sombra e descanso 

Em jardins e áreas abertas onde a sombra é escassa devido à falta de arborização por exemplo, optar pela construção de um pergolado é ótima solução. O pergolado de madeira se torna um espaço sombreado e confortável para abrigar-se nos dias quentes. O uso de plantas trepadeiras na cobertura, neste caso, ajudará a deixar o ambiente ainda mais fresco. 

Devido ao uso da madeira, o pergolado ficará em harmonia com o verde da área externa. Para criar um ambiente de relaxamento, invista em cadeiras confortáveis, espreguiçadeiras, sofás próprios para área externa ou até mesmo uma rede. Que tal ler um livro em um local assim? 

Extensão da fachada 

O pergolado de madeira também é útil para fazer uma charmosa ligação entre espaços internos e externos da casa, deixando qualquer fachada ainda mais elegante. 

Ele é uma opção ótima para dar um novo visual à fachada da sua residência, deixando-a bonita e protegida. Geralmente, o elemento pode se adaptar a qualquer estilo arquitetônico, pois é possível deixar à madeira em sua textura natural, ou pintá-la de outra cor, para acompanhar o conceito da casa. 

Para abrigar os carros 

Esta é uma função bastante utilizada para os pergolados. Servirem de garagem para proteger os veículos. É uma solução prática e econômica, além de ser sustentável, pois evita a construção de paredes e outros gastos de uma garagem tradicional de concreto. Com teto de policarbonato, protegerá seu veículo do sol e da chuva. 

Neste caso, tome cuidado com as coberturas em vidro: elas podem danificar o painel do seu veículo pois o sol pleno pode potencializar o “efeito lupa” do material. Avalie com cautela. 

Pergolado para varanda Gourmet ou integrado à área de festas 

Ideal para receber amigos e família, o pergolado cria um espaço perfeito para reunir pessoas em momentos de lazer. O ideal é que, neste caso, ele possua um espaço amplo, para poder abrigar mesa com cadeiras, ou balcão com banquetas para que as pessoas possam se acomodar confortavelmente. 

Que tal incorporar a este espaço uma lareira? Deste modo seu pergolado também será útil nos dias mais frios. 

Pergolado na piscina 

O uso de pergolados na área da piscina também é um charme. Ele serve como um lugar de apoio, com cadeiras para descansar e mesas para lanches e refeições.  

Além de valorizar ainda mais o seu imóvel, um pergolado próximo à piscina vai deixar o local mais elegante, sofisticado e confortável. Invista! 

Pomar charmoso 

Este é mais um uso espetacular para o pergolado de madeira. Ele pode servir de suporte para plantas trepadeiras frutíferas, como o maracujá e a uva, por exemplo. Porém, é necessário observar o local onde será instalado, para a incidência solar ser de acordo com o que a planta escolhida pode suportar.   

Um pomar no pergolado com certeza trará muito charme para o seu quintal. Aposte! 

Cultivo de plantas 

Ainda na ideia de utilizar o pergolado para cultivo de plantas, que tal cultivar uma horta, com verduras e temperos, ou um belíssimo canteiro de flores sob o pergolado? 

Não são todas as plantas que podem ficar expostas à luz solar direta e por isso, o pergolado de madeira pode ser um espaço sombreado que as protege do sol e ainda permite a ventilação fresca para as mesmas. 

É necessário considerar que o pergolado de madeira é fabricado com um material natural que estará exposto a sol e chuva diariamente. Por isso, para que você tenha um produto de qualidade deve apostar em madeiras resistentes e próprias para este tipo de uso. A Madeira do Norte é perfeita para os pergolados externos. Pois além de bonita, ela é forte e resiste às intempéries.  

Na Comercial Amarildo você encontra TUDO o que precisa em madeiras do norte e materiais complementares para construir seu pergolado. Conte com a gente e abuse da sua imaginação! 

Dicas para deixar sua casa mais confortável no inverno

O friozinho chegou e com ele aquela vontade de passar mais tempo curtindo o aconchego da nossa casa, não é mesmo? 

As estações frias são o período do ano preferido das pessoas para ficar em casa. Por isso, é essencial que nosso lar seja aconchegante e confortável. Muito além de distribuir tapetes pela casa, diversas outras opções são importantes para aquecer os ambientes no inverno.  

Vamos com algumas dicas muito especiais? Acompanhe a leitura! 

Invista em aquecimento de água 

Água quentinha e um banho relaxante: o inverno pede, né? Investir em aquecimento de água para sua casa é uma excelente opção para garantir mais conforto nos dias frios.  

Além de valorizar o seu imóvel, o aquecimento solar garante economia para o bolso e é sustentável para o meio ambiente. É um investimento com retorno rápido e durável, que possibilita conforto e sustentabilidade para sua residência. 

Nas lojas Comercial Amarildo você encontra a linha completa para aquecimento da Komeco, que possui fácil instalação e excelente custo benefício. 

Foto: Komeco

Que tal optar pelo piso laminado? 

Substituir o revestimento do piso da sua casa pode ser uma excelente opção para trazer mais conforto térmico para o seu ambiente em todas as épocas do ano. Por ser um revestimento de madeira, o piso laminado desperta a sensação de acolhimento. Além disso, suas camadas laminadas de madeira são capazes de manter o ambiente mais aquecido. 

Foto: Viva Decora

Aposte em pendentes e luz quente nos ambientes 

A sensação de conforto e bem estar também está relacionada com a iluminação do local. Para criar uma atmosfera mais aconchegante, invista em pendentes e luzes de apoio com luz quente. 

A luz quente é capaz de trazer relaxamento para a casa, por isso é uma boa opção para salas e dormitórios, principalmente. 

Foto: Pinterest

Adquira um aquecedor portátil 

Perfeito para carregar para qualquer ambiente, o aquecedor portátil torna-se um item indispensável no inverno. Leve e prático, ele é capaz de aquecer o ambiente rapidamente, dependendo de seu tamanho. 

Foto: Pinterest

Se atente à decoração da sua casa 

É hora de investir em mantas, almofadas, tapetes e cortinas novas para sua casa. Estes itens de décor são responsáveis por trazer mais conforto e sensação de aconchego para os ambientes. Uma dica é optar por texturas de pelos e tricô sempre buscando por cores sóbrias. Cuidado para não carregar demais o ambiente. 

Foto: Viva Decora

Viu só como é possível deixar seu lar mais confortável para os dias mais frios? Seja um investimento baixo ou alto, todos eles são vantajosos à médio e curto prazo e trazem sensação de conforto para que você se sinta acolhido dentro da sua casa. 

Conte com a Comercial Amarildo! 

Porcelanato em grandes formatos: por que escolher?

Os porcelanatos em grandes formatos conquistaram os profissionais da área. Seja pelo resultado que ele causa na aparência do ambiente, pelo custo-benefício que proporciona ou pela praticidade no dia a dia, o produto chegou cheio de vantagens e não pretende sair de moda. 

Quer descobrir por que você deve escolher esta opção? Vem conferir todas as vantagens com a gente!

O que são? 

Os porcelanatos em grandes formatos são revestimentos com medidas amplas que contribuem com a estética do ambiente. Estas peças atingem dimensões de 80×80, 84×84, 90×90, 60×120, 100×100, 120×120 até 160×320. Demais, não é mesmo? Esses formatos proporcionam inúmeras possibilidades em aplicações, desde paredes, pisos e bancadas.

Foto: Eliane Revestimentos

5 vantagens para escolher porcelanato em grandes formatos 

 Agora que você já sabe o que são, vamos descobrir quais as vantagens que te levarão a escolhê-los: 

1 – São versáteis 

A tecnologia atual permite cada vez mais que os revestimentos se assemelhem muito às pedras naturais como o mármore por exemplo. Ao explorar essa característica com um pouco mais de criatividade, podemos aplicar os porcelanatos de grandes formatos de outras maneiras além de pisos e paredes, como em móveis ou bancadas. 

Foto: Eliane Revestimentos

Assim, você garante ao seu projeto um resultado sem emendas, bastante similar ao natural e por um valor muito mais acessível. 

2 – São sofisticados 

Muito requisitado nos projetos de arquitetos renomados, os porcelanatos de grandes formatos também se tornaram sinônimo de elegância e sofisticação. O produto tem o poder de agregar valor a qualquer ambiente e trazer um ar contemporâneo, moderno e sofisticado. 

Foto: Eliane Revestimentos

3- Proporcionam redução no rejunte 

Devido ao seu tamanho, eles permitem uma quantidade bem menor de emendas entre as placas e esse pequeno detalhe faz uma grande diferença, tanto na economia do projeto, quanto na aparência. Especialmente em modelos que se assemelham a mármores, pedras ou cimentício, por exemplo, a redução nas linhas de rejunte proporcionam um resultado ainda mais fiel ao material natural e, consequentemente, mais bonito. 

Foto: Eliane Revestimentos

4- Ampliam o ambiente 

Outro benefício dos porcelanatos de grandes formatos é que eles proporcionam uma sensação de ambiente mais amplo, o que faz toda a diferença em qualquer espaço. Afinal, a redução no rejunte garante que os cômodos sejam vistos como uma grande unidade, ao invés de várias pequenas. 

Foto: Eliane Revestimentos

Dessa forma, eles são perfeitos para serem aplicados também em ambientes pequenos, como escritórios e banheiros, e em imóveis compactos e com pouco espaço.

5 – São fáceis de limpar 

Mais uma vantagem dos porcelanatos de grandes formatos e seus rejuntes reduzidos é a praticidade na hora da limpeza e manutenção do dia a dia. Afinal, as áreas de rejunte são as que mais acumulam sujeiras, por serem muito mais porosas que os revestimentos. Portanto, se as áreas de rejunte são menores, a sujeira também diminui e a limpeza fica muito mais fácil e sem riscos de exigir um produto que possa desgastar o porcelanato a longo prazo. 

Foto: Eliane Revestimentos

Vimos que porcelanatos em grandes formatos são ideais para obras nas quais a uniformidade é um dos principais objetivos e sabemos que esta opção está ganhando o mercado e entrando nos mais diversos projetos residenciais e comerciais. 

Nas lojas Comercial Amarildo você encontra uma ampla variedade deste tipo de porcelanato de marcas conceituadas como Eliane ®. Venha nos visitar e conheça todas as opções! 

Conheça os revestimentos 3D em PVC

O mundo do décor está sempre inovando e traz lançamentos para o consumidor todos os dias. Uma super novidade repleta de vantagens e com ótimo custo-benefício para transformar com facilidade qualquer cantinho da sua casa, são os revestimentos em PVC com formas em 3D. 

Tá a fim de conhecer mais de perto essa novidade? Acompanhe a leitura! 

Evitando o quebra-quebra da reforma 

Não adianta, só quem passa por uma reforma dentro de casa, mesmo que pequena, sabe o transtorno de todo aquele quebra-quebra e o tanto de sujeira que isso causa. Muitas vezes, deixamos de colocar em prática aquela ideia para estilizar o ambiente, por este motivo, não é verdade? É por isso que novos produtos não param de surgir. 

As placas autoadesivas em PVC, com formas em 3D são perfeitas para evitar todo o transtorno da reforma. Elas são práticas e super fáceis de aplicar, pois já vem com fita dupla face em sua superfície, portanto é só colar. Além disso não há necessidade de outros acabamentos como rejunte ou massa corrida e nem mesmo necessidade de contratar um profissional para aplicá-lo. 

Foto reprodução: Google

Vamos falar de custo-benefício? 

Outra coisa que buscamos quando queremos construir ou reformar, é economia, certo? Esta é outra grande vantagem dos revestimentos em PVC. Eles são ideais para quem busca economizar na hora de transformar algum ambiente, pois possuem valor inferior aos revestimentos convencionais, além de não precisarem de complementos, como dito anteriormente. 

Dependendo do valor por metro quadrado do revestimento convencional que você iria utilizar, e do tamanho da parede em que iria aplicá-lo, é possível atingir uma economia de até 200% ou mais, optando pelo revestimento em PVC. 

Onde aplicar o revestimento 3D em PVC? 

Já ficou claro que o revestimento em PVC com formas em 3D é super versátil e prático, não é? Porém, o melhor de tudo, é que ele pode ser aplicado em qualquer cômodo da sua casa e em ambientes comerciais, desde que você tenha cuidado na escolha do material. Primeiro, é preciso certificar de que as placas combinam bem com o estilo de decoração do ambiente. 

Também é importante conferir o volume do revestimento. Por exemplo: para espaços pequenos ou com muitos móveis, a dica é optar pelos modelos com baixo efeito de volumetria. Caso contrário, o resultado ficará exagerado e visualmente incômodo para os moradores. O segredo é sempre prezar pelo equilíbrio. 

Use e abuse das cores 

Os revestimentos em PVC são brancos, porém, eles podem ser pintados da cor que você desejar. Isso mesmo! Você pode deixar a imaginação fluir e trazer cores harmoniosas para a sua casa de uma forma rápida e prática. Olha essas inspirações:

Foto reprodução: Google
Foto reprodução: Google

Vamos descobrir como aplicar nos principais ambientes da sua casa? Atenção para as dicas: 

Sala de jantar ou estar 

Que tal adicionar um toque extra de estilo na sua sala? Para que o resultado fique bem equilibrado, a recomendação é aplicar o revestimento 3D em paredes que não tenham janelas, móveis ou quinas. Em espaços pequenos, prefira os materiais em tonalidades claras, como o branco, o off-White, o nude ou o cinza. Já em locais com ampla metragem, vale a pena deixar a criatividade falar mais alto e recorrer a tons mais intensos, como o preto, azul ou qualquer outra cor que irá harmonizar com a décor do ambiente. 

Foto reprodução: Google

Dormitórios 

Nos quartos, uma excelente opção é recorrer ao revestimento 3D como forma de substituir uma pintura sem graça ou, até mesmo, aquele papel de parede já ultrapassado. Procure evitar os modelos com muito volume e, sempre que possível, invista na boa iluminação do ambiente, que é excelente para valorizar cada detalhe tridimensional do material. 

Foto reprodução: Google

Cozinha, banheiro e lavabo 

Os revestimentos em PVC são perfeitos para a cozinha e para os banheiros e lavabos, pois são áreas molhadas da casa. A mesma dica vale para estes ambientes, procure por um modelo que harmonize com os outros elementos do local.  

Foto reprodução: Google
Foto reprodução: Google
Foto reprodução: Google

Uau! Você gostou mesmo dessa novidade, não é mesmo?

Aproveite toda a praticidade e versatilidade do revestimento 3D em PVC e transforme sua casa sem quebra-quebra, sem sujeira e com muita facilidade!

Nas lojas Comercial Amarildo você encontra lindas opções em desenhos deste revestimento com preços muito especiais. Venha conferir!

orçamento do obra

6 Dicas para seu orçamento de obras ser perfeito.

Você está prestes a iniciar um projeto de obra e não fez ainda nenhum orçamento? Ou tem dúvidas se o orçamento de obras que você fez está correto? Então, está na hora de prestar atenção nessa dicas e verificar se você não errou na hora de fazer o orçamento para seu projeto.

O que é um orçamento de obras e por que ele é importante?


Um orçamento de obras não é simplesmente uma planilha na qual você põe o preço de todo o material que pretende comprar para sua obra. É bem mais que isso.

O orçamento detalhe não só o material, mas também todo o gasto com serviços, taxas e impostos que também impactarão no preço final.
Mesmo que você esteja fazendo um orçamento de uma obra simples, na sua própria residência, os valores a serem gastos com mão de obra também devem constar no orçamento.
Ou seja, no orçamento há bem mais que somente os preços unitários de cada material.

Para não errar, confira essas dicas para que seu orçamento de obras seja perfeito.

1 – Não Esquecer Dos Custos Indiretos


Os custos indiretos de uma obra são custos de água, energia, taxas, impostos. Ou seja, se você esquecer de colocar todos os custos indiretos da sua obra, no final, vai acabar faltando dinheiro pra finalização.
Pode parecer pouco, mas os custos indiretos fazem parte do orçamento e o primeiro erro é não colocá-los no orçamento.
Se você não tem ideia de todos os custos indiretos, há softwares que em seus bancos de dados já incluem diversos itens do custo indireto da obra, portanto, são de grande valia para quem está começando.

2 – Saiba Quanto Pode Gastar


Se você pretende fazer uma simples reforma ou melhorar a decoração de um cômodo, um dos itens mais fundamentais é saber quanto você pode gastar na obra como um todo.
Isso evita endividamento e te dá um panorama de quanto cada item pode (ou não) pesar na sua decisão final de adquiri-lo.

3 – Estipule Um Prazo Realista de Entrega da Obra


Quem estipula o prazo é quem está planejando a obra, ou seja, você. Não adianta seu cliente querer que a obra seja entregue em 7 dias, se no seu planejamento vai levar 20.
Isso vai gerar estresse e pode inclusive aumentar o preço da obra, uma vez que seu cliente pode demandar maior rapidez na entrega de materiais (encarecendo o frete, por exemplo), portanto, converse com ele mas sempre apresente um prazo de entrega realista da obra.

4 – Use Softwares De Orçamento de Obras


Existem no mercado diversas opções de softwares, gratuitos e pagos, para orçamento de obras.
Nesses softwares, é possível consultar a base de dados, bem como fazer curvas ABC, composição de custos e atualizar constantemente os dados.
Ou seja, pra quem está começando e até para construtores e planejadores experientes, os softwares são uma mão na roda, pois dificilmente deixam você esquecer algum item do orçamento.

5 – Pesquise O Mercado


Embora você possa consultar banco de dados como o do TCPO (Tabela de Composição de Preços Para Orçamentos), é bom sempre visitar lojas físicas, pelo menos três, para verificar os preços de produtos unitários que você irá utilizar.
Dependendo do prazo e da forma de pagamento, além da quantidade, você pode conseguir descontos e assim, baratear o custo da sua obra.
Além disso, lembre-se sempre de consultar fontes confiáveis sobre o preço da mão de obra que você irá necessitar na sua região.
Pode haver grandes diferenças de preços de um profissional para outro, dependendo da região onde será a obra, portanto, é importante pesquisar bem o mercado antes de fechar seu orçamento.

6 – Faça Um Bom Planejamento Financeiro


Com seu orçamento em mãos, você consegue se planejar, ou seja, determinar em que investirá primeiro em sua obra.
Justamente para o dinheiro não acabar no meio da obra e você não conseguir finalizar o projeto.
Ou então, você focar somente em itens mais baratos e deixar a qualidade em segundo plano. O resultado pode não ser o esperado.
Portanto, tendo todos esses itens em pauta, seu orçamento tem grandes chances de ser perfeito e desta forma, você conseguirá finalizar seu projeto sem dores de cabeça, sem endividamento e com seu cliente satisfeito.

Casa própria

Fonte: Total Construção

Como evitar infiltração em casa?

A infiltração é uma das piores vilãs de uma construção, e a sua maior aliada é a umidade, por isso é comum ela aparecer, principalmente, em banheiros, cozinhas e áreas de serviço. Os danos causados pela infiltração vão desde manchas nas paredes até rachaduras e descolamento de rebocos, ou seja, além de não ter uma aparência agradável, ela pode causar problemas estruturais mais graves e prejudicar a saúde dos moradores, graças ao mofo e aos fungos. Veja agora algumas dicas para evitar e vencer essa vilã.

Quais são as causas e como evitar a infiltração?

As estruturas de alvenaria absorvem facilmente a umidade, por causa de suas superfícies porosas, e esse é o principal motivo das infiltrações. Para evitar esse problema, o ideal é impermeabilizar corretamente lajes, paredes e pisos, utilizando a solução indicada para cada um desses materiais. 

Porém, a umidade não é a única aliada da infiltração: ela também pode ser provocada por instalações incorretas de tubos e conexões. Nesse caso, as falhas nas tubulações geram vazamentos, que também dão origem à infiltração. No fim das contas, as chances de evitar infiltrações serão bem maiores se a estrutura da construção for impermeabilizada e a instalação hidráulica for realizada corretamente.

Tarde demais para evitar? Saiba como resolver o problema de infiltração

É muito comum que a impermeabilização seja deixada de lado durante a obra, por isso, se já é tarde demais e a infiltração já está dando as caras nos ambientes da sua casa, procure solucionar o problema o quanto antes. O ideal é contar com a ajuda de um profissional, para analisar a situação e identificar qual a real causa do problema e a origem dele, para encontrar o reparo ideal. 

Se o problema for causado pela umidade, por exemplo, será preciso descascar todo o revestimento da parede ou retirar o piso, dependendo de onde estiverem as manchas. Somente assim será possível aplicar o impermeabilizante.

Afinal, como fazer a impermeabilização correta?

Como já falamos, a impermeabilização deveria ser feita no período de construção, adicionando impermeabilizantes ou mantas isolantes na argamassa de reboco das paredes. Caso esse processo não tenha sido feito durante a obra e as manchas de infiltração já estiverem aparecendo, você terá que fazer a remoção do revestimento da parede ou do piso e refazer o acabamento do zero, desta vez com a utilização dos impermeabilizantes. 

Se quiser mais detalhes sobre isso, nós já falamos aqui no blog sobre como fazer uma impermeabilização perfeita.

Agora que você já viu como evitar, como combater e quais são as armas para evitar uma infiltração, é importante lembrar: por mais que o problema seja resolvido, os imóveis nunca estarão imunes a ele. Por isso, realize manutenções periódicas e faça o reparo das infiltrações assim que forem identificadas, para não causar nenhum dano grave à estrutura.

Texto: Krona

tudo sobre piso laminado

Tudo sobre pisos laminados

Eles são os queridinhos da casa e os responsáveis pela criação de ambientes lindos, modernos e aconchegantes.

Os pisos laminados surgiram em resultado ao avanço tecnológico em meio à busca por substitutos aos pisos de tábua corrida, configurando uma alternativa mais econômica, prática e sustentável. É um material que vem crescendo cada vez mais na preferência das pessoas para revestir ambientes variados, sejam mais formais ou despojados, em residências e empresas.

piso laminado

No entanto, dúvidas sobre este tipo de material ainda são muito comuns. Neste conteúdo reunimos informações importantes para você conhecer melhor os pisos laminados, suas características, vantagens e cuidados necessários. Acompanhe!

Do que é feito?

Os pisos laminados são feitos de diversas camadas de material derivado de madeira, que conferem estabilidade e resistência. A maneira como o laminado é fabricado varia de acordo com cada fabricante. Porém, ele possui uma estrutura básica com quatro camadas, que são o balanço, o substrato, a lâmina decorativa e o overlay. Conheça cada uma delas:

Balanceador: Essa é a camada inferior do piso laminado, a que fica em contato com o contra piso. Ela ajuda a manter o piso estável e também o protege contra possíveis danos da umidade. É fabricada em material maleável, que pode ser sintético ou Kraft.

Substrato: Essa é a camada mais grossa do piso, sua parte principal. Fabricada em MDF, HPP ou HDF, que são extratos de madeira, geralmente triturada e prensada para formar placas. É nessa camada que estão localizados os encaixes do tipo macho e fêmea que vão estabilizar e fixar o piso. O substrato também é a camada que torna o piso laminando resistente a impactos e responsável pelo conforto térmico do piso.

Lâmina decorativa: Essa camada é aquela visível do piso laminado, o que garante o seu aspecto de madeira nobre. É essa camada que determina o estilo do piso sua aparência e visual. A lâmina decorativa pode ser fabricada com um filme de madeira ou então com material impresso. Essa variação depende do fabricante escolhido e da linha de laminado também.

Overlay: A camada de overlay é que encerra o piso laminado. Ela é a superfície do piso, que fica em contato com o meio externo, que sofre danos e que recebe a limpeza diária. Trata-se de uma película muito resistente que suporta abrasão, e com isso previne danos como arranhões e riscos no laminado.

piso laminado

Quais as vantagens do piso laminado?

Além de ser uma das opções mais bonitas na linha de revestimentos de pisos, os laminados são repletos de vantagens. Vale super a pena investir.

Instalação: O laminado é muito fácil de instalar e pode ser aplicado sobre outro tipo de piso, sem necessidade de removê-lo. O contrapiso não precisa estar tão nivelado quanto no caso do vinílico.

Custo-benefício: O piso laminado é uma solução mais econômica e sustentável do que o piso de madeira e oferece conforto semelhante.

Durabilidade: A durabilidade é alta, podendo chegar até 16 anos, e é indicado inclusive para ambientes com alto tráfego de pessoas. Em caso de mudança, o laminado pode ser desmontado e reinstalado.

Versatilidade: Disponível em diversas cores e desenhos, o piso laminado é perfeito para qualquer estilo de decoração. Pode ser usado em quartos, salas, corredores, cozinhas e ambientes comerciais.

Manutenção: Os cuidados de limpeza com o piso laminado são bem simples. É preciso apenas passar um pano levemente úmido para tirar qualquer sujeira, depois um pano seco para que o revestimento não absorva a umidade.

Conforto: O piso laminado propicia alto grau de conforto e desempenho térmico, deixando o ambiente mais quentinho e aconchegante.

piso laminado

Cuidados com o piso laminado

O piso laminado tem pouca resistência à umidade. Evite instalar em ambientes úmidos e, quando derramar uma grande quantidade de água no chão, seque imediatamente. Por este motivo, eles não são perfeitamente indicados para ambientes molhados, como banheiros, lavanderias e cozinhas.

O piso laminado não deve sofrer exposições prolongadas ao sol, pois pode sofrer deformações. Evite arrastar objetos pesados, como móveis. Ao varrer, prefira vassouras de cerdas suaves, com movimentos no sentido das réguas. Evite o trânsito de pets, suas unhas podem causar arranhões ao piso.

Para limpá-lo, um pano levemente úmido com água já é suficiente. Evite utilizar produtos de limpeza, pois eles possuem elementos abrasivos que podem danificar o piso.

piso laminado

Uma dica super importante é: contrate profissionais qualificados para realizar a instalação do seu piso.

A Comercial Amarildo possui uma ampla variedade em pisos laminados de alta qualidade e conta com profissionais capacitados para auxiliar você na hora de escolher seu piso.

Agora confira alguns ambientes com aplicação de pisos laminados para inspirar você!

Rolar para cima